Avaliação escolar: como aperfeiçoar este processo

A avaliação escolar é um processo criado para permitir ao professor e à escola o acompanhamento do desempenho do aluno. Como toda avaliação deveria ser, esse não é um processo pontual e deveria ser feito ao longo de todo o ano.

Avalie sempre e aumente o nível de dificuldade de forma gradual

Avaliações graduais e frequentes permitem que o professor tenha um retorno constante do aprendizado do aluno e conhecimento sobre quais dificuldades seus estudantes têm. Além disso, permite que o aluno conheça os níveis de aprendizado, seu ritmo de estudos e sua absorção de conteúdos.

A professora Clarilza Prado de Souza, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), acredita que “o professor e a escola devem e podem utilizar múltiplos instrumentos na avaliação escolar’. Segundo ela, o contato direto com o aluno demonstra melhor quais instrumentos mais auxiliam em seu conhecimento dentro de sala de aula.

Utilize um método que corresponda à realidade da sua escola e dos seus alunos

Para a educadora, os modelos de educação e avaliação devem ser adaptados à realidade da escola. Não adianta tentar replicar um modelo conceituado em outra instituição sem observar as peculiaridades da sua própria.

Há escolas que aplicam avaliações semanais. Esta periodicidade seria eficaz na sua escola? Os alunos resolveram exercícios suficientes durante a semana para serem avaliados? É interessante fazer uma avaliação interdisciplinar? Se faça essas e outras perguntas e converse com outros professores sobre isso.

As provas também avaliam o desempenho do professor

 Todas as avaliações também devem apresentar condições de avaliar os procedimentos e estratégias apresentados pelo professor, além dos resultados a serem obtidos.

 “Meus alunos estão aprendendo? O que estão aprendendo? Por que não estão aprendendo? Quais os pontos em que eles apresentam mais dificuldades? O que posso fazer para que os alunos adquiram as aprendizagens fundamentais? Por que essas estratégias de ensino não estão dando certo?” são algumas das perguntas que Clarilza acredita devam ser formuladas pelos professores.

 “Quando estou interessada nas respostas a questões como estas, devo realizar um processo de avaliação e, com certeza, ele poderá oferecer bons elementos para orientar sua prática”.

 

Fonte:

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/conteudoJornal.html?idConteudo=272

 

 

 

Blog
Google Plus
Slideshare
Boletim
Cadastre-se no site e receba novidades sobre a Editora.
Notícias | ver mais +